Início » 4ª Temporada de Elite: que decepção! [SPOILER]

4ª Temporada de Elite: que decepção! [SPOILER]

Saiu a 4ª temporada de Elite…

Anteriormente a série se tornou um verdadeiro fenômeno entre os amantes de séries. Misturando drama, assassinato, sexo, tensão e até mesmo uma pitada de suspense.

Dessa forma, na 3ª temporada a série alcançou números absurdos de telespectadores, se tornando uma das séries mais assistidas da Netflix.

Mas e a 4ª temporada? Vamos falar sobre!

[ATENÇÃO: antes de mais nada, se você ainda não assistiu e não gosta de spoiler, recomendo que não leia mais.]

 4ª temporada de elite: novos personagens

Minisséries Pré-Lançamento

A princípio a estratégia das Minisséries antes do lançamento foi incrível, trouxe o encerramento de ciclo de algumas histórias de alguns personagens.

Bem como, aguçou a curiosidade de quem gosta da série e finalizou algumas coisas que ficaram em aberto na última temporada.

Eu fiquei um tanto quanto ansiosa quando assisti os episódios e acho que criei muita expectativa.

Assisti todos super rápido bem plena enquanto comia meu bolo snickers (aliás, tem receita aqui).

Posteriormente me pareceu muitas vezes que eles esqueceram que a gente viu os episódios da minissérie e que estava por dentro da história…

Vou contar mais o porque achei isso mais embaixo.

[MAS CUIDADO COM SPOILER! Depois não diz que não avisei…]

Os benjamins novos personagens de elite

“Os Benjamins”

A 4ª temporada de Elite trouxe com ela novos personagens entre eles três irmãos: Ari, Amencia e Patrick.

Filhos do novo diretor da escola Las Encinas, cada um com sua personalidade forte e seus problemas particulares.

Todavia eu particularmente achei a Ari uma substituição barata da Lucrécia (personagem das antigas temporadas).

No entanto uma Lu sem sal e até mesmo um pouco forçada.

A “justificativa” do comportamento meio rebelde sem causa deles foi justificado pela perda da mãe, porém achei essa narrativa pouco explorada.

 4ª temporada de elite: romance

Príncipe Felipe e Cayetana

Eu particularmente gostei da trama de romance vibe conto de fadas entre o Príncipe Felipe e a Cayetana.

Acho ela uma personagem que foi bem negligenciada nas temporadas passadas e que de fato merecia ser mais explorada.

Por outro lado, achei que ficou cansativo em algum momento porque criou-se o problema mas demorou pra se resolver.

Em contra partida, não perderam o fio da meada na hora de traçar o perfil de “interesseira” da personagem mais uma vez.


Trisal gay em Elite

Triângulo Amoroso: Omar, Ander e Patrick

Depois de enfrentarem o câncer do Ander juntos, simplesmente com a chegada de um novato o relacionamento dos dois se abalou completamente.

Achei isso meio absurdo. Todo mundo sabe que os dois se gostam e a ideia do triângulo amoroso com Patrick ficou muito forçado.

 4ª temporada de elite: Samuel e Guzman

Guzmán e Samuel com crush na Ari

O que era pra ser uma estratégia para livrar os bolsistas, Samuel e Omar, de uma prova de nivelamento em que poderiam ser expulsos…

Por fim virou mais um triângulo amoroso.

Todavia, na minha opinião foi tudo muito do nada, e ficou no ar se eles queriam mesmo a menina ou se estavam de lutinha de ego um com o outro.

Ainda assim o que eu achei mais absurdo foi a parte de terem esquecido totalmente o término de Samuel e Carla e de Guzmán e Nadia.

E por último: ficam a temporada inteira degladiando pela Ari e do nada lembram que são amigos e que não devem brigar por garotas. Oi?!

 4ª temporada de elite: cenas picantes e muito drama

Cenas Picantes

Vi pelo Twitter e pela internet muita gente reclamando da quantidade de sexo na temporada… gente, Elite sempre foi assim né?

Se não quer ver isso, talvez tenha escolhido a série errada para ver.

A promessa da série para a temporada era justamente essa apimentada a mais…

Por outro lado muitas vezes você fica sem saber se está vendo Elite ou simplesmente um pornô barato.

Sinto que de alguma forma eles usam o erotismo como muleta para atrair o público.

Principalmente nessa temporada que exploraram bastante o sexo do trisal.

A cena do Omar com o Patrick no baile, achei simplesmente a coisa mais nada a ver e desnecessária.

Fora que: alguém pode apresentar lubrificante e camisinha para eles por favor?

Mas enfim, como eu disse antes, isso não foi muito novidade. Porém: saudades Christian, Polo e Carla e Cayetanna, Polo e Valerio.

O final…

A maior decepção foi o final, sabe quando você vê o episódio e ele acaba e você fica “puts, foi isso?”, essa foi a sensação que ficou.

Claro que a 4ª temporada de Elite deixou muitas pontas soltas para serem resolvidas na próxima…

Contudo de alguma forma fiquei com uma sensação de que nada se resolveu ou simplesmente nenhuma trama foi impactante o bastante.

Acho que gerou-se uma curiosidade e antecipação nas minisséries da pré estreia, e consequentemente as expectativas foram lá nas alturas…

Mas ao mesmo tempo, a temporada não supriu isso. Apesar de muita novidade, não conseguiu surpreender.

E fica ai no ar… Como será que vai ser a quinta temporada? Será que eles vão recompensar ou é realmente a decaída de Elite?

 

 

 

 


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo